É preciso reagir!

Reafirmar e lutar pela liberdade e pelos direitos de Lula!

Nós, professores das universidades públicas e das redes federais e estaduais de educação técnica e tecnológica membros do Fórum Renova Andes, rechaçamos incondicionalmente a decisão dos três desembargadores da 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região que condenaram sem crime e sem provas o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.
Tal decisão de favas contadas, inserida numa farsa judicial criada para golpear a democracia, dar passagem à mais feroz destruição de direitos já vista e alienar a riqueza nacional ao capital estrangeiro, foi proferida não com argumentos e tecnicidade jurídica, mas com discursos políticos. A justiça está suspensa e o Estado de exceção está instituído no Brasil por obra daqueles que não suportam a mera existência e a dignidade do povo trabalhador.
Por outro lado, duas semanas antes, a condenação de Lula busca facilitar ao governo golpista a aprovação da contrarreforma da previdência, com votação marcada para 19 de fevereiro, a qual aprofundará os ataques à educação, às universidades, aos institutos federais e à produção científica e tecnológica
Trata-se de brutal ataque às organizações dos trabalhadores, aos seus dirigentes, aos seus direitos. É tarefa do nosso tempo garantir pelas vias possíveis e necessárias que as forças da repressão e do golpismo judiciário não ponham as mãos em Lula (principal candidato ao pleito de 2018) cuja prisão seria a senha para um ataque generalizado a todas as organizações construídas por nosso povo ao longo das décadas.

IMPEDIR A PRISÃO DE LULA!

FORTALECER OS COMITÊS DE LUTA NA BASE!

RESISTIR AO ESTADO DE EXCEÇÃO!

BARRAR A CONTRARREFORMA DA PREVIDENCIA!

SE BOTAR PRA VOTAR, O BRASIL VAI PARAR

ELEIÇÃO SEM LULA É FRAUDE!

 

Anúncios