Comunicado do Fórum Renova Andes-SN sobre o 61º Conad

Encerrou-se no, dia 3 de julho, o 61º Conselho do ANDES-SN (61º CONAD).
O 61º CONAD se reuniu num momento em que o capital internacional e amplíssimos setores da patronal nacional (FIESP à frente), com seus instrumentos de Estado e com os grandes meios de comunicação, buscam consolidar o golpe em curso, apressando o “julgamento” no Senado, previsto para logo depois dos Jogos Olímpicos. Num momento também em que o Governo ilegítimo de Temer avança na desvinculação dos recursos do setor, na aprovação da PEC 241 (com graves efeitos na política educacional), desmonta o Conselho Nacional de Educação e patrocina bárbara ação policial contra Ato Contra o Golpe na Educação, promovido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) no último dia 29 de junho, para ficarmos apenas no campo da educação.

Por isso, todos nós esperávamos do 61º CONAD uma resposta altiva diante do golpe e do Governo interino que dele resultou, refletindo o amplo movimento de docentes, estudantes e servidores que tem, desde o mês de março, se alastrado pelas universidades sob a forma de Comitês contra o Golpe e de ações unitárias com organizações populares, como aquelas agrupadas na Frente Povo Sem Medo e na Frente Brasil Popular.

Foi positiva a decisão do 61º CONAD de adotar, mesmo que depois da maioria das organizações sindicais e populares já o terem feito há muito tempo, a consigna Fora Temer, bem como a disposição unânime dos delegados de preparar a greve geral.

Contudo, o 61º CONAD reprovou formulações centrais que de fato explicam por que é preciso a luta para remover Temer e, até mesmo, deflagrar a greve geral. A diretoria da ADUFU – Seção Sindical dos Docentes da Universidade Federal de Uberlândia apresentou uma formulação que afirmava claramente o “Fora Temer, não reconhecendo seu governo que ascendeu por golpe (…)”. Outros companheiros, no mesmo sentido, formularam “Fora Temer golpista”. Ambas as formulações foram refutadas pelos delegados, com mais ou menos um terço de votos favoráveis a caracterizar a ascensão de Temer como golpe. Foi no mesmo sentido que os representantes da ADUNB informaram que sua assembleia geral considerou que o impedimento da presidente, sem crime de responsabilidade, representa um atentado golpista e ataca as conquistas democráticas pela qual o povo brasileiro, incluindo os docentes, lutaram ao longo dos anos.

O que se pode deduzir desta recusa obstinada? Que não há um golpe em curso? Que Temer, embora reacionário, subiu legitimamente ao Governo? É esta visão que explica a estranha decisão da direção do ANDES-SN de, neste momento preciso, se entrevistar com os interventores golpistas do MEC (reunião ocorrida em 28 de junho, um dia antes da repressão aos professores da CNTE)?

No seguimento, a diretoria da ADUFU apresentou uma proposta no sentido de que o ANDES-SN tomasse “posição contrária ao processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff”, igualmente refutada, com apoio da Diretoria do ANDES-SN. Qual o sentido desta recusa? Significaria que o ANDES-SN reconhece como legal a decisão tomada no “circo dos horrores” da Câmara dos Deputados, em 18 de abril, e o processo em curso no Senado movido a dinheiro e cargos, ao arrepio da Lei e das provas constantes nos autos?

Afinal, a quem serve negar o inegável, que há um golpe em curso no país? A quem serve não se posicionar contra o processo espúrio de impedimento? Não parece óbvio que esta política só beneficia os golpistas?

Agora, greves e lutas se desenvolvem no serviço público e na universidade em vários pontos do país, confrontadas já com as medidas do Governo golpista, mostrando que nossas demandas necessitam, para serem alcançadas, como diz o povo, de “primeiramente, Fora Temer”, ou seja, derrotar o golpe!

De nossa parte, integrantes do Fórum Renova Andes-SN não temos dúvida: seguiremos participando e apoiado as iniciativas contra o golpe para derrotar o vergonhoso processo de impedimento, reforçando ou construindo comitês com o fim de levar esta luta em nossas bases, pelo Fora Temer e construindo de fato a greve geral.

Julho de 2016
Fórum Renova Andes-SN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s