Home Artigos Carta de São Paulo

Carta de São Paulo

Carta de São Paulo em apoio à Chapa 2 – Renova ANDES

PARA ASSINAR: https://forms.gle/hyzCn98asyohQMWx8 

Nós, professoras e professores que subscrevemos esta carta, declaramos nosso apoio e voto à Chapa 2 Renova ANDES nas eleições do nosso Sindicato Nacional que ocorrerão entre 3 e 6 de novembro de 2020.

As instituições públicas de ensino superior em São Paulo, assim como no resto do país, correm enorme risco. Depois de um período de expansão de vagas e recursos, relativa democratização do acesso e fortalecimento dos programas de pesquisa, ensino e extensão, vivemos, há alguns anos, uma profunda crise.

Os cortes de recursos se intensificam e vão muito além de ajustes pontuais, expressando uma política em que a educação superior pública e a produção de ciência não são prioridade. Os bem-sucedidos programas de democratização do acesso, em particular por meio de cotas sociais e raciais, são atacados materialmente, por meio da restrição de programas de assistência estudantil e, simbolicamente, por uma visão que o ensino superior deve ser para uma pequena elite. As agências públicas de fomento, em especial a CAPES, o CNPq, a FINEP e a FAPESP, também estão na mira dos que não consideram a ciência e a tecnologia nacional uma prioridade. O sistema nacional de pós-graduação, depois de se expandir de modo consistente por vários anos, também vive uma crise de subfinanciamento, bem como mudanças temerárias nos seus padrões de avaliação e distribuição de recursos. Os ataques ideológicos à ciência e à cultura autônomas assumem diferentes faces e as intervenções arbitrárias nas IES se multiplicam.

Em meio a tudo isso, nossas carreiras se fragilizam. A escassez de concursos começa a gerar sobrecarga de trabalho. Nossos salários desvalorizam no mesmo compasso em que somos simbolicamente atacados. Nossas condições de trabalho se deterioram, assim como o financiamento à pesquisa e à extensão. A reforma administrativa, no âmbito federal, e o PL 529, no nosso estado, tendem a aprofundar este quadro. Mais do que uma pauta corporativa, é da própria condição de produzir conhecimento e formar estudantes e cidadãos que estamos falando. Sem uma carreira sólida, não existe um sistema acadêmico-científico consolidado.

A pandemia de COVID-19, embora tenha aberto uma oportunidade de defender o papel social do conhecimento científico e das instituições públicas de ensino, pesquisa e extensão, também gerou contradições que devem contribuir para agravar esta crise.

Nesse contexto, precisamos mais do que nunca de um movimento docente a altura dos desafios colocados. Um movimento docente capaz de somar esforços com todas e todos que lutam para derrotar o retrocesso que, encarnado pelo governo Bolsonaro e seus aliados nos estados, representa uma enorme ameaça para a educação e o conhecimento, o meio ambiente e futuro do país. E o ANDES, pelo seu caráter nacional, é um instrumento fundamental para isso. Infelizmente, nos últimos anos, ele não tem conseguido cumprir um papel central nessa conjuntura de ataques.

Exemplo crítico disso é a Regional São Paulo do ANDES-SN, que deveria articular a luta das IES do nosso estado que, apesar de ter o sistema científico e de ensino superior mais forte do país, vive uma crise sem precedentes. De fato, os cortes de financiamento das IES do estado, a CPI das universidades estaduais, o já citado PL 529, as tentativas de ataque ao orçamento da FAPESP são alguns dos processos que deveriam ter sido enfrentados de maneira muito mais articulada pelo movimento docente paulista. Infelizmente, a Regional São Paulo do ANDES-SN tem tido pouca presença nas nossas principais mobilizações e nenhum protagonismo na defesa da educação e da pesquisa paulistas. A Regional pode e deve ter um papel central na organização das Associações Docentes no estado de São Paulo, principalmente na conexão entre as universidades estaduais paulistas (USP, Unesp e Unicamp) e as universidades federais do estado (UFSCar, UFABC e Unifesp), envolvendo também unidades do ANDES como a Faculdade de Medicina de Marília. Juntas, essas instituições podem reagir com mais força e é papel do ANDES liderar essa articulação, o que não tem sido feito.

É importante frisar que na atual direção do ANDES, bem como na direção das Associações Docentes mais afinadas com ela, existe muita gente séria e bem-intencionada. Não criticamos as pessoas, mas a orientação geral da atual direção do nosso Sindicato. Nesse sentido, a concepção política que prevaleceu, de que o ANDES deve representar, acima de tudo, os professores e professoras que têm afinidade política com a sua direção, em particular, com seus princípios históricos inegociáveis do que deve ser o ensino superior público, contribuiu para enfraquecer o sindicato junto à ampla e diversa categoria docente. O resultado é um ANDES-SN isolado, enfraquecido, com baixa representatividade e legitimidade.

É por tudo isso que a Chapa 2 Renova ANDES, ao defender “um sindicato para todas e todos os docentes” e “renovado” nos representa. Acreditamos que a conjuntura obriga o movimento docente a se reiventar. Isso significa se abrir para novas práticas, menos burocratizadas e mais dinâmicas. Incorporar novas pautas, mais aderentes ao novo ensino superior brasileiro, mais feminino, mais negro e mais democrático. Encarar todos os debates postos, a começar pelo ensino remoto emergencial, sem tabus e sem preconceitos. Se qualificar com dados, argumentos e informações atualizadas para enfrentar a guerra ideológica contra a ciência e a educação públicas.

É por acreditar que a Chapa 2 Renova ANDES é capaz de encarar esses desafios, pela experiência que já demonstrou em renovar o movimento docente em Associações em São Paulo e no resto do país, que assinamos esta carta pedindo a todas e todas os colegas de instituições públicas de ensino superior de São Paulo que votem, apoiem e defendam a Chapa 2 Renova ANDES-SN.

O ANDES-SN precisa mudar e precisa mudar já!
Integram a Chapa 2 Renova ANDES representando o estado de São Paulo:

Maria Caramez Carlotto – UFABC / Candidata a 3ª Vice-presidente nacional pela Chapa 2 – Renova ANDES
Kimi Tomizaki – USP / Candidata a 2ª vice-presidente da Regional São Paulo pela Chapa 2 Renova ANDES
Everaldo Andrade – USP / Candidato a 1º Secretário da Regional São Paulo pela Chapa 2 Renova ANDES
Valter Pomar – UFABC / Candidato a 1º Tesoureiro da Regional São Paulo pela Chapa
Mariângela Graciano – UNIFESP / Candidata a 2ª Secretária da Regional São Paulo pela Chapa 2 Renova ANDES
Angelita Matos Souza – UNESP / Candidata a 2ª tesoureira da Regional São Paulo pela Chapa 2 Renova ANDES

Assinam a carta de São Paulo em apoio à Chapa 2 Renova ANDES

1. Adrian Gurza Lavalle – USP
2. Agnaldo dos Santos – UNESP
3. Alberto Handfas – UNIFESP
4. Aleksandar Jovanovic – USP
5. Alexandre Carrasco – UNIFESP
6. Ana Lucia Pereira – UNIFESP
7. Ana Paula Hey – USP
8. André Pasti – UFABC
9. Andreia Galvão – UNICAMP
10. Andres Vercik – USP
11. Anna Maria Pessoa de Carvalho – USP
12. Antonio Carlos Amorim – UNICAMP
13. Armando Boito Jr. – UNICAMP
14. Armando Caputi – UFABC
15. Arthur Chioro – UNIFESP
16. Beatriz Mioto – UFABC
17. Bianca Angelucci – USP
18. C. N. Campos – UNICAMP
19. Carlos Eduardo Ribeiro – UFABC
20. Carlota Reis Boto – USP
21. Cesar Nunes – UNICAMP
22. Cláudia Alessandra Tessari – UNIFESP
23. Claudia Galian – USP
24. Claudia Vianna – USP
25. Clélia Rejane Antonio Bertoncini – UNIFESP
26. Cristiane Megid – UNICAMP
27. Cristina Reis – UFABC
28. Cynthia Carneiro – USP
29. Daniel Pansarelli – UFABC
30. Demerval Saviani – UNICAMP
31. Demétrio Gaspari Cirne de Toledo – UFABC
32. Denise Trento – USP
33. Diama Bhadra Andrade Peixoto do Vale – UNICAMP
34. Dirce Zan – UNICAMP
35. Edson Santos – UNICAMP
36. Edwiges Maria Morato – UNICAMP
37. Elaine Lourenço – UNIFESP
38. Elizabeth Araújo Lima – UNICAMP
39. Elizabeth dos Santos Braga – USP
40. Fabiana Jardim – USP
41. Fabio Betioli Contel – USP
42. Fábio Contel – USP
43. Fabio Franzini – UNIFESP
44. Fabrício Gallo – UNESP
45. Fernando Nogueira – UFABC
46. Flávio Rocha – UFABC
47. Francisco Comaru – UFABC
48. Gabriel Rossini – UFABC
49. Giorgio Romano – UFABC
50. Graciela Foglia – UNIFESP
51. Graziela Serroni Perosa – USP
52. Guilherme Santos Mello – UNICAMP
53. Gustavo Cunha – UNICAMP
54. Janes Jorge – UNIFESP
55. Jean Pierre Chauvin – USP
56. Jessé Rebello – USP
57. José Claudinei Lombardi – UNICAMP
58. José Luiz Neves – UFABC
59. Josely Rimoli – UNICAMP
60. Lea Francesconi – USP
61. Lígia Márcia Martins – UNESP
62. Lígia Márcia Martins – UNICAMP
63. Luciana Dadico – USP
64. Luciana Miranda Guerra – UNICAMP
65. Lucila Pesce – UNIFESP
66. Luiz Bezerra Neto – UFSCAR
67. Luiz Eva – UFABC
68. Luiz Leduíno – UNIFESP
69. Lumena Almeida Castro Furtado – UNIFESP
70. Marcelo Carvalho – UNIFESP
71. Marcelo Giordan Santos – USP
72. Márcia Consolim – UNIFESP
73. Marcio Peron Franco de Godoy – UFSCAR
74. Marcos Francisco Martins – UFSCAR
75. Marcos Sidnei Pagotto Euzebio – USP
76. Marcos Silva – USP
77. Maria Regina – USP
78. Maria Selma de Moraes Rocha – USP
79. Maria Silvia Viccari Gatti – UNICAMP / Presidenta eleita da ADUNICAMP
80. Marília Pinto de Carvalho – USP
81. Marinê Pereira – UFABC
82. Maurilane Biccas – USP
83. Miguel Said Vieira – UFABC
84. Mohamed E. Habib – UNICAMP
85. Mônica Yukie Kuwahara – UFABC
86. Muryatan Santana Barbosa – UFABC
87. Nathalie Bressani – UFABC
88. Newton Antônio Paciulli Bryan – UNICAMP
89. Nilce Aravecchia – FAU/USP
90. Ocimar Alavarse – USP
91. Olinda Maria Noronha – UNICAMP
92. Paris Yeros – UFABC
93. Patricia Aranovick – UNIFESP
94. Paula Marcelino – USP
95. Pedro E. D. Augusto – USP
96. Pierluigi Benevieri – USP
97. Ramatis Jacino – UFABC
98. Ramón Garcia Fernandes – UFABC
99. Regimeire Maciel de Oliveira – UFABC
100. Regina Helena da Silva – UNIFESP
101. Regis Henrique Reis da Silva – UNICAMP
102. Rejane Vecchia – USP
103. Renata Altenfelder Garcia Gallo – UNICAMP
104. Ricardo Dahab – UNICAMP
105. Ricardo Musse – USP
106. Rosemarie Andreazza – UNIFESP
107. Rurion Melo – USP
108. Sergio Amadeu da Silveira – UFABC
109. Sérgio Souto – USP
110. Sidney Jard da Silva – UFABC
111. Silvana Zioni – UFABC
112. Silvia Helena Pansarelli – UFABC
113. Sílvio Carneiro – UFABC
114. Sylvia Gemignani Garcia – USP
115. Sylvia Helena Souza da Silva Batista – UNIFESP
116. Tatiana Berringer – UFABC
117. Valter Pomar – UFABC
118. Vera Navarro – USP
119. Verônica Gonzalez-Lopes – UNICAMP
120. Victor Marques – UFABC
121. Vitor Marchetti – UFABC
122. Wagner Pralon – USP
123. Yara Frateschi – UNICAMP

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here